Estamos en proceso de migración de contenidos al nuevo sitio de Alasbimn Journal. Puede acceder a los últimos artículos en: www.alasbimnjournal.net
Inicio arrow Poster: Endocrinología arrow Uso do TSH recombinante na terapia com I-131 em bócio mergulhante volumoso:estudo de dois casos

Alasbim Journal Year 13, Number 50, October 2010 / Año 13, Nº 50, Octubre 2010
XXV Congresso Brasileiro de Biologia Medicina Nuclear e Imagen Molecular
Pôster

Uso do TSH recombinante na terapia com I-131 em bócio mergulhante volumoso:estudo de dois casos.

José Ulisses Manzzini Calegaro1; Nely Queiroz Manzzini Calegaro2.
1.Hospital De Base E Grupo Núcleos Do Df, Brasília, Df, Brasil; 2.Clínica De Endocrinologia, Brasília, Df, Brasil.

 

Resumo

Introdução

O tratamento de bócio mergulhante volumoso com radioiodo-131, mesmo com atividades mais elevadas, tem oferecido resultados pouco expressivos. O uso do TSH recombinante associado parece ser uma alternativa efetiva, razão desta apresentação.

Material e Métodos

A)Relato dos casos

1-EMC, feminina, 90 anos vinha evoluindo há anos com diagnóstico de fibrilação atrial e bócio multinodular atóxico mergulhante da tireóide com sintomas compressivos. Em 20/04/2009 mostrou PAAF benigna, T4l=0,5 ng/ml e TSH=25,2µUI/ml. TC de tórax (19/08/2009) evidenciou aumento tireoideano bilateral comprimindo a traquéia e extendendo-se pelo mediastino até o nível da área cardíaca.

2-HBG, feminina, 78 anos, foi tratada com 30mCI (1110 MBq) de 131I em 07/03/2007 visando volumoso bócio multinodular mergulhante, sem melhora clínica ou por imagens. Evoluiu com PAAF repetitiva benigna, T4l=1,0 ng/ml e TSH=0,42µUI/ml (12/04/2009). SPECT/CT com 131I mostrou bócio mergulhante ocupando o mediastino superior e posterior (15/05/2009). Tc de tórax (24/06/2009)=massa com significativa compressão da traquéia, prolongando-se até o nível do Brônquio fonte esquerdo.

B)Método

Ambos os casos foram tratados com 25 mCI (925 MBq) de radioiodo-131, precedidos de injeção IM de 0,45mg de Thyrogen (alfatirotropina) e dieta hipoiódica, em caráter ambulatorial.

Resultados e Discussão

Houve redução significativa dos sintomas compressivos em ambos os casos, bem como na avaliação por imagens. Não ocorreu nenhum efeito colateral com o procedimento. A conduta cirúrgica nesse tipo de paciente é limitada pela idade, quadro clínico associado e pela natureza invasiva. A ablação com radioiodo-131 tem oferecido resultados limitados, necessitando internamento com atividades mais elevadas. O custo do tratamento aqui proposto é mais acessível por utilizar metade de uma ampola de Thyrogen.

Conclusão

A associação do 131I e alfatirotropina permitiu redução expressiva de bócios mergulhantes volumosos com menores atividades do material radioativo, ambulatoriamente, em pacientes com alto risco clínico.

 

 
< Anterior / Prev   Siguiente / Next>
Creative Commons License
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons
© 2014 Alasbimn Journal
Joomla! es Software Libre distribuido bajo licencia GNU/GPL.
Admin

Alasbimn Journal ISSN.  0717-4055