Estamos en proceso de migración de contenidos al nuevo sitio de Alasbimn Journal. Puede acceder a los últimos artículos en: www.alasbimnjournal.net
Inicio arrow Poster: Cardiovascular arrow Cintilografia miocárdica na detecção de doença coronariana como complicação de radioterapia tor

Alasbimn Journal Year 13, Number 50, October 2010 / Año 13, Nº 50, Octubre 2010
XXV Congresso Brasileiro de Biologia Medicina Nuclear e Imagen Molecular
Pôster

Cintilografia miocárdica na detecção de doença coronariana como complicação de radioterapia torácica – relato de caso.

Aline Nogueira Oliveira; Nilton Lavatori Corrêa; Jader Cunha Azevedo; Renata Martins Félix; Arnaldo Rabischofsky; Amarino Oliveira Junior; Luis Antonio Carvalho; Denise Abreu; Patricia Lavatori Corrêa; Cláudio Tinoco Mesquita.
Hospital Pró-Cardíaco, Rio De Janeiro, Rj, Brasil.

 

Resumo

Objetivo

Relatar caso de paciente com doença arterial coronariana (DAC) de provável etiologia actínica com alterações na cintilografia de perfusão miocárdica.

Relato do caso

RC, masculino, 50 anos, branco, engenheiro civil, RJ. HDA: há 01 semana relata episódio de parestesia na face radial da mão e antebraço esquerdo durante caminhada, que melhorou com o repouso.

HPP

nefrectomia direita com 1 ano e 9 meses de idade devido a tumor de Wilms + radioterapia; cirurgia para correção de escoliose, há 3 meses. Fatores de risco: HAS, ex-tabagista, dislipidemia, sedentarismo, historia familiar (PAI com IAM). Peso: 70 Kg altura: 169 cm IMC: 24,5. Medicamentos em uso: atenolol, enalapril.

Angio TC

Tronco de Coronária Esquerda com placa mista e remodelamento positivo, sem redução luminal. Artéria Descendente Anterior com placas mistas, predominando as calcificadas, associadas a redução luminal discreta/moderada no terço médio. Artéria Coronária Direita com placa ostial calcificada (o que dificulta a análise pelo método). Presença de redução luminal biarterial significativa (terço médio da DA e óstio da CD). Ecocardiografia: leve hipertrofia concêntrica das paredes do VE, função diastólica do VE: alteração do relaxamento (disfunção tipo I), calcificação das cúspides aórticas com redução da abertura valvar.Devido a intensa calcificação não foi possível determinar o numero de cúspides. Sugestivo de origem actínica.

Teste Ergométrico

O eletrocardiograma durante o esforço demonstrou infradesnível do segmento ST de até 3,0 mm nas derivações DII, DIII, a VF e de V3 a V6 durante o estresse. Assintomático durante o teste.

Cintilografia miocárdica

isquemia apical, septo-apical, anterior(apical,médio), antero-septal (médio), infero-septal (médio e basal),inferior (apical, médio e basal). Área de isquemia estimada de 15%. Coronariografia confirmou graves lesões coronárias da Artéria Descendente anterior e coronária direita.

Conclusão

A incidência de doença coronariana pode ser até 40 vezes maior em pessoas submetidas à radioterapia do tórax. Demonstramos duas complicações cardíacas associadas à radioterapia: valvopatia calcífica das cúspides aórticas e DAC severa. Os métodos de imagem são importantes na caracterização destas complicações cardiovasculares da radioterapia.

 

 
< Anterior / Prev   Siguiente / Next>
Creative Commons License
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons
© 2014 Alasbimn Journal
Joomla! es Software Libre distribuido bajo licencia GNU/GPL.
Admin

Alasbimn Journal ISSN.  0717-4055